Bem Vindos ao nosso Fórum.
Acesse também a nossa página do FACEBOOK:

https://www.facebook.com/setegalo.com.br

INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Dicas de pilotagem segura, assim como dicas sobre seguros, cadeados, travas e truques contra o amigo do alheio além de informações sobre as leis.
Avatar do usuário
nelson moreira
Me chame de mestre
Me chame de mestre
Mensagens: 683
Registrado em: 13 Out 2006 23:42
Localização: São Paulo - SP

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor nelson moreira » 06 Jan 2009 11:20

mais uma formula para se arrecadar uns dim dim extras


DINHEIRO NÃO É PROBLEMA.
PROBLEMA É NÃO TER DINHEIRO

Avatar do usuário
gilbertorocha
O céu é o limite
O céu é o limite
Mensagens: 972
Registrado em: 26 Out 2007 09:46
Localização: São Paulo S/P Zona Sul

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor gilbertorocha » 06 Jan 2009 12:57

Será que vamos ter que trocar os 4X1 ?


Hollywood 87 Ivete San GALO

Avatar do usuário
Parada
7 Galo Gladiator
7 Galo Gladiator
Mensagens: 2392
Registrado em: 03 Abr 2006 22:18
Localização: Mongaguá - SP
Contato:

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Parada » 06 Jan 2009 15:32

Gilberto, não precisaremos trocar o 4x1 e com certeza essa inspeção não vai vingar....achei um texto interessante, deem uma lida:

http://74.125.47.132/search?q=cache:M0B ... lr=lang_pt

Ademais, tem normas específicas que falam do controle de emissão de poluentes, no caso das motos, o Promot, e la só fala em relação aos veículos novos.....portanto, não esquentem a cabeça, é apenas mais uma papagaiada, sem noção, e que não vai dar em nada!!!

Abs


7 Galo - Hollywood - Tudo de bom!!! PIOR DO QUE TER INIMIGOS VERDADEIROS É TER AMIGOS FALSOS!!! Mensagens importantes favor enviar email para: artur-parada@prodesan.com.br ou naparada7galo@gmail.com!!!
Acessem: www.youtube.com/user/naparada7galo

Avatar do usuário
cfreitas
O céu é o limite
O céu é o limite
Mensagens: 924
Registrado em: 08 Set 2005 09:23
Moto Atual: cbx750f/cbr1100xx/steneree750
Localização: Valinhos -SP
Contato:

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor cfreitas » 07 Jan 2009 10:59

Cetesb diz que elas poluem sete vezes mais do que os carros de passeio.
Inspeção nas motos é em fevereiro, mas agendamento começa em janeiro.

Do G1, com informações do SPTV

O ano começa com regras mais rígidas para os fabricantes de motos. O objetivo é diminuir em pelo menos 50% os níveis de monóxido de carbono emitidos pelas motocicletas. No trânsito, elas levam vantagem sobre os carros e disparam quando o assunto é poluição.

Segundo o último relatório de qualidade do ar da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), uma moto emite sete vezes mais monóxido de carbono do que um carro. Tirar essa diferença foi um desafio para os fabricantes, já que agora em janeiro os padrões para a emissão de poluentes válidos para carros e motos vão se equiparar.

As motos terão que reduzir o nível de emissão de monóxido de carbono de 5,5g/km para 2 g/km. O gerente de fiscalização de veículos da Cetesb, Homero Carvalho, diz que a indústria de motocicletas adotou medidas para reduzir as emissões. Segundo ele, as motos não virão com carburador e terão injeção de combustível.

As motos mais antigas não têm toda essa tecnologia, mas se estiverem bem reguladas, poluem menos. Por isso, a partir deste ano, toda a frota de motocicletas da cidade deverá passar pelo programa de inspeção veicular da prefeitura. Ela é parecida com aquela realizada em veículos a diesel.

Agendamento

A fiscalização nas motos começa no dia primeiro de fevereiro, mas o agendamento já pode ser feito na próxima segunda-feira (5). Primeiro, o motorista precisa pagar a guia de licenciamento para depois agendar a inspeção por telefone ou pela internet. O valor do serviço será devolvido depois que o motorista for aprovado na inspeção. As vistorias serão feitas no Jaguaré e na Barra Funda, na Zona Oeste.



Podem ir preparando o din-din...

Saudações


Christian
cfreitas@supernet.com.br


Pimenta - CBX 750F Grená/TL
Sete Galo Rescue Truck - C-10, ano 1978 - Pronta!!!...
Super Blackbird 1100XX '99
Ford Belina '72 - Em restauração...
VW Fusca '73 - Em restauração...
Christian

Avatar do usuário
Jardim
CBX 750 extreme
CBX 750 extreme
Mensagens: 1327
Registrado em: 22 Fev 2006 23:39
Localização: Sao Paulo - SP

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Jardim » 03 Fev 2009 16:40

Algum morador aqui de SP tem moto com placa final 1 tb???

No jornal domingo tava falando que eles estão de olho nos "escapes barulhentos...

Alguém já passou pela vistoria??? Será que precisa trocar o 4x1???

Abs


Jardim

Avatar do usuário
Sergio Pretto
Moderador
Moderador
Mensagens: 5076
Registrado em: 17 Set 2005 19:00
Localização: Cajamar/SP
Contato:

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Sergio Pretto » 03 Fev 2009 17:20

Eu olho para minha placa de "RECIFE", e fico muito tranquilo . . . .


P R E T T O
GALO, e é só para desfilar mesmo !!!

Avatar do usuário
Albuquerque
CBX 750 extreme
CBX 750 extreme
Mensagens: 1176
Registrado em: 11 Out 2005 14:27
Localização: São Paulo-SP

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Albuquerque » 03 Fev 2009 18:02

Puxa, é verdade!
Sergio Pretto escreveu:Eu olho para minha placa de "RECIFE", e fico muito tranquilo . . . .


CBX 750F 1986 - Black... a MORENA
VMAX 1200 1998 - Black (é claro)

Ex-CBX 750 INDY - 1994 (Azul)
Ex-XTZ 600 Ténéré - 1992 (Preta/Roxa)
Ex-XLX 350R - 1987 (Preta/Amarela)
Ex-CB 400 Tucunaré - 1984 (Preta)
Ex-XL 250R - 1982 (Branca/Vermelha)

Avatar do usuário
Jardim
CBX 750 extreme
CBX 750 extreme
Mensagens: 1327
Registrado em: 22 Fev 2006 23:39
Localização: Sao Paulo - SP

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Jardim » 06 Fev 2009 13:42

Notícias de ontem...

Até quarta-feira, apenas 18 motos haviam sido vistoriadas... das quais 10 foram reprovadas!

Será que nossos 4x1 vão ajudar??? rsrs


Jardim

Avatar do usuário
Rodolfo
Absolut CBX 750 pilot
Absolut CBX 750 pilot
Mensagens: 1976
Registrado em: 13 Dez 2006 20:05
Localização: Jundiaí/SP

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Rodolfo » 06 Fev 2009 14:30

MarcosCM escreveu:
Norberto_SP escreveu:PessoALL, tenho 2 dúvidas, será que alguém pode me ajudar?
Eu tenho 2 motos em meu nome e ambas têm placa de São Paulo, mas ficam na casa dos meus pais em Sertãozinho (SP), interior.
1 - Será que terei que trazê-las até a capital só pra fazer essa vistoria e depois leva-las de volta?
2 - Eu consigo transferir os documentos para a cidade de Sertãozinho (SP), mantendo-as em meu nome ANTES dessa vistoria aqui em sampa?


Putabração à todos,
:arrow: NORBERTO


Vou tentar, pela lógica:
1 - Creio que não, pois a vistoria restringue-se (por enquanto) à Cidade de São Paulo, não ao estado, pois então a Polícia Militar do município não poderá pedir algo que não tenha conhecimento/justificativa legal para vistoriar;
2 - Se fizer logo, eu imagino que sim, já que a resolução ainda não está em vigor.

Grande abraço!



Apenas uma observação:

Placa de SP capital. Se não fizer a vistoria não vai poder licenciar, aí se a policia pegar, mesmo que seja no interior ou outro estado, além da multa vai apreender a moto.

Você pode efetuar a transferencia para o interior utilizando o comprovante de endereço do seu pai, aí não vai ter que fazer a inspeção, se bem que, há de verificar se não está sendo solicitada a vistoria antecipada para a transferencia. Eu acredito que não pois é uma obrigatoriedade na Capital e não em outras cidades.


“Não tento explicar às pessoas porque ando de moto.
Para os que compreendem, nenhuma palavra é necessária...
Para os que não compreendem, nenhuma explicação é possível !!”

Avatar do usuário
cfreitas
O céu é o limite
O céu é o limite
Mensagens: 924
Registrado em: 08 Set 2005 09:23
Moto Atual: cbx750f/cbr1100xx/steneree750
Localização: Valinhos -SP
Contato:

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor cfreitas » 06 Fev 2009 14:36

Sim. O Rodolfo está certo... Pode transferir para o interior sem a dita vistoria, por enquanto.

Eu fiz, recentemente, a transferência de um Ford Ka, via despachante, para um amigo. Tranquilo...

Daqui à pouco todas as cidades estarão fazendo a vistoria. Daí.............

Saudações


Christian
cfreitas@supernet.com.br


Pimenta - CBX 750F Grená/TL
Sete Galo Rescue Truck - C-10, ano 1978 - Pronta!!!...
Super Blackbird 1100XX '99
Ford Belina '72 - Em restauração...
VW Fusca '73 - Em restauração...
Christian

Avatar do usuário
Sergio Pretto
Moderador
Moderador
Mensagens: 5076
Registrado em: 17 Set 2005 19:00
Localização: Cajamar/SP
Contato:

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Sergio Pretto » 06 Fev 2009 16:00

Placa de Recife, hehehehe, passo em frente ao Detran e ainda dous umas aceleradas . . . .


P R E T T O
GALO, e é só para desfilar mesmo !!!

Avatar do usuário
Rodolfo
Absolut CBX 750 pilot
Absolut CBX 750 pilot
Mensagens: 1976
Registrado em: 13 Dez 2006 20:05
Localização: Jundiaí/SP

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Rodolfo » 06 Fev 2009 16:03

Placa de Jundiaí na moto, Curitiba no carro, e se quiser ainda posso transferir para Peruibe ou Ilha comprida.
Nem ligo. hehehehehe

Idem ao Pretto. Dou risada. hehehehehe


“Não tento explicar às pessoas porque ando de moto.
Para os que compreendem, nenhuma palavra é necessária...
Para os que não compreendem, nenhuma explicação é possível !!”

Avatar do usuário
gilbertorocha
O céu é o limite
O céu é o limite
Mensagens: 972
Registrado em: 26 Out 2007 09:46
Localização: São Paulo S/P Zona Sul

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor gilbertorocha » 10 Fev 2009 19:17

Rodolfo escreveu:Placa de Jundiaí na moto, Curitiba no carro, e se quiser ainda posso transferir para Peruibe ou Ilha comprida.
Nem ligo. hehehehehe

Idem ao Pretto. Dou risada. hehehehehe

Bééééééééééééé...
Idem pro Pretto... :twisted: :twisted: :twisted: :twisted: :twisted:


Hollywood 87 Ivete San GALO

Avatar do usuário
Rodolfo
Absolut CBX 750 pilot
Absolut CBX 750 pilot
Mensagens: 1976
Registrado em: 13 Dez 2006 20:05
Localização: Jundiaí/SP

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Rodolfo » 13 Fev 2009 08:33

Segue relato de uma pessoa que já fez a inspeção.
Retirado do Forum do HOL - hornetonline em 13/02/2009

Galera, segue abaixo um relato sobre a inspeção e o que fora dito pro nosso amigo em relação ao escape esportivo !

Fala moçada, ontem foi o dia D de Daelim... dahr... rs...
Fiz a inspeção da pequena, antes dei um belo trato, quase lustrei o motor para tirar qlqr mancha que pudesse parecer de óleo e consequentemente pudesse gerar alguma "má interpretação" na hora da vistoria visual.
Tinha agendado a vistoria para às 17:30hs no posto do Jaguaré, já que trabalho no Ceagesp, cheguei lá 17:10hs, falei a placa da moto na portaria e segui para a inspeção, estava vazio e fui atendido imediatamente, parei a moto em cima de um tapetinho, coloquei no cavalete central e o inspetor disse para ficar à vontade, tomar uma água e sentar numas cadeirinhas, que nada, fiquei lá colado na moto e nos caras. Antes mesmo de começarem a inspeção da Daelim fiz a pergunta, "essas motos grandes com escape esportivo estão passando na inspeção?" e a resposta do inspetor "suave, se for escape fabricado por alguma empresa passa suave, só ñ pode ser aqueles caseiros e cano direto, aí ñ dá, mas com ponteira esportiva passa sim!!" retruquei, "então ñ preciso colocar a ponteira original de volta para fazer a inspeção?" a resposta: "suave, ñ precisa ñ!" e começaram a inspeção, a dita inspeção "visual" foi feita de costas para a moto, ou seja, o cara nem olhou para ela, ou ele é ninja e verificou a moto de rabo de olho e em milésimos de segundo, só vi ele preenchendo os campos no programa: vazamento de óleo: não, alteração do sistema de escape: não... e outras perguntinhas q o cara só preencheu sem olhar nada. A segunda etapa é a medição de poluentes, ligaram a moto, plugaram um negócio lá para medir a rotação da marcha lenta esperaram uns segundinhos para o computador registrar e colocaram o equipamento para medir a saída de gases no escape, ñ é como nos carros que vai a sonda dentro do escape, é tipo uma capa q cobre um pedaço do escape e eles prendem com um esticador para ñ vazar, agora desfazendo o mito, a medição é, ou pelo menos foi feita, em marcha lenta, nem encostaram no acelerador da moto, ou seja, sem essa de acelerar a moto até o corte de giro, mais alguns segundos para o computador registrar a saída dos gases e pronto, Daelim aprovada, imprimem um certificado de aprovação, colam o selinho nele (nos carros será colado no vidro) e é mais um papel para vc carregar junto com o documento da moto, ainda fiquei mais alungs instantes falando sobre motos com o "inspetor" e 17:20hs já estava indo embora, ñ sem antes perguntar mais uma vez sobre a inspeção com escape esportivo, e a resposta foi a mesma: "suave"
Ah, uma coisa q reparei, no programa, existe o campo "medição de ruído", só que o cara só colocou um "não" nesse campo, ou seja, ñ fazem essa medição mesmo, pelo menos por enquanto.
Agora é esperar abril para comprovar se será suave mesmo a inspeção da RF com a ponteira e tbm preciso solicitar o reembolso da taxa pelo site que a prefeitura criou para isso.
Bom acho que é só tudo isso.
Abraço.


“Não tento explicar às pessoas porque ando de moto.
Para os que compreendem, nenhuma palavra é necessária...
Para os que não compreendem, nenhuma explicação é possível !!”

Avatar do usuário
Rodolfo
Absolut CBX 750 pilot
Absolut CBX 750 pilot
Mensagens: 1976
Registrado em: 13 Dez 2006 20:05
Localização: Jundiaí/SP

Re: INSPEÇÃO VEICULAR PARA MOTOS ! ! ! !

Mensagempor Rodolfo » 13 Fev 2009 09:20

Inspeção veicular gera polêmica
13 de Fevereiro de 2009


O Programa de Inspeção Veicular criado pela Prefeitura de São Paulo entrou em sua segunda fase em 2009. Com isso desde 2 de fevereiro, além dos veículos a diesel e automóveis (fabricados a partir de 2003), todas as motocicletas (exceto as com motores dois tempos) estão obrigadas a passar pela inspeção, que se limita apenas a verificar a emissão de poluentes.

Ao final da primeira semana, a grande polêmica ficou por conta da alta taxa de reprovação das motocicletas. Segundo dados da Controlar, única empresa responsável pela inspeção na capital paulista, das 389 motos inspecionadas 12 foram rejeitadas na inspeção visual e 87 reprovadas no teste de emissão de gases. Ou seja, 25%.

A inspeção visual verifica o funcionamento do motor, vazamento de óleo e fumaça aparentes e também o sistema de exaustão. Ao ser aceita no teste visual, a moto passa pela medição computadorizada da emissão de gases, que afere a emissão de monóxido de carbono e hidrocarbonetos e também a diluição dos poluentes.

Apesar de a empresa divulgar que a emissão de ruídos também seria verificada, no Centro de Inspeção da Barra Funda, zona oeste de São Paulo, o procedimento não estava sendo realizado nas motocicletas. Segundo um técnico que preferiu não se identificar, os ruídos das motos serão medidos a partir do próximo ano.
Polêmica

Como na primeira semana a reprovação entre as motos foi alta, pode-se supor que muitas das motos que rodam em São Paulo são grandes vilãs da poluição. Porém, a questão não é assim tão simples.

“Temos de levar em consideração que os automóveis inspecionados têm no máximo seis anos de uso. No caso das motos, a inspeção vale para todas, independente do ano de fabricação”, afirma Moacyr Alberto Paes, diretor-executivo da Abraciclo, associação dos fabricantes do setor de duas rodas.

Outro fator que pode influenciar nesta alta taxa de reprovação é que o índice de monóxido de carbono admitido pela Inspeção Veicular em São Paulo tem valores estabelecidos em uma porcentagem do volume — no máximo 9% para as motos fabricadas antes de 2002. Porém, para a homologação junto ao Ibama e atender ao Promot o índice é medido em massa. “Desconhecemos as razões para os valores estabelecidos para a inspeção em São Paulo”, completa Paes.

O limite de diluição dos poluentes também gera polêmica. “Não sabemos que fórmula química é esta utilizada pela Controlar”, afirma o diretor da Abraciclo. Os fabricantes e a associação tiveram somente uma reunião com a Secretaria Municipal competente, poucos dias antes da entrada em vigor da nova lei, mas sem a presença da Controlar. “Levamos os departamentos de engenharia das montadoras para estabelecermos padrões para a medição. Porém não sei dizer se estão sendo cumpridos”.

A Abraciclo já solicitou os dados oficiais, mas até agora não foi atendida. “Na próxima semana devemos acompanhar as inspeções. Queremos ajudar, mas não temos acessos aos dados”. A associação ressalta que todas as motocicletas fabricadas no Brasil, desde 2003, seguem as rígidas normas do Promot.

O diretor-executivo da Abraciclo ainda tece outras críticas à Inspeção Veicular na cidade de São Paulo. “A Inspeção Veicular que deveria ser feita, levando em conta diversos itens de segurança, ainda não saiu do papel. Esta inspeção em São Paulo preocupa-se apenas com a poluição”, diz ele, referindo-se ao fato de que itens de segurança, como pneus, freios, iluminação, entre outros, são deixados de lado.

Fato comprovado pela reportagem da Infomoto na visita ao Centro de Inspeção da Barra Funda. Nem motos ou carros eram inspecionados quanto ao estado dos pneus, faróis, lanternas, etc.

Como ser aprovado?

Como a lei está valendo e a não realização ou a reprovação na inspeção para as motos registradas na cidade de São Paulo pode gerar multa de até R$ 550 e bloquear o licenciamento do veículo, procuramos as montadoras com o intuito de orientar os motociclistas.

A Yamaha admitiu que, por meio de sua rede de concessionários, foi notificada sobre duas reprovações de motocicletas da marca. Ambas reprovadas no polêmico teste de dispersão de poluentes, sendo que uma apresentou fator de diluição inferior a 1 e a outra, acima de 2,5 — o admitido está entre 1 e 2,5.

Em nota, a empresa afirmou que “a área de engenharia está investigando as possíveis razões, que podem decorrer de vários fatores: desde a regulagem incorreta da marcha lenta, passando pela regulagem da mistura ar/combustível até eventual uso de combustível adulterado. Contudo, ainda não temos resposta exata sobre os casos”.

Porém, a Yamaha orienta seus clientes a realizar uma revisão completa, seguindo suas especificações. “Cuidados com cabos, velas, e filtros são essenciais”, afirma seu comunicado. Ressalta ainda que é importante preservar os componentes originais, especialmente os itens do sistema de alimentação e exaustão.

Apesar de as concessionárias Yamaha não contarem com equipamentos para a aferição da emissão de gases, a empresa recomenda que seus clientes realizem as revisões nesses locais já que, segundo a empresa, os técnicos estão habilitados a realizar ajustes conforme as especificações da fábrica. “Por fim, a motocicleta ajustada e abastecida com combustível de origem confiável, se aferida da maneira correta, deve ser aprovada na inspeção”.

Já a Honda não quis se pronunciar sobre a Inspeção Veicular. Insistentemente procurada por nossa reportagem, a empresa, líder de mercado, limitou-se a emitir uma nota por escrito, por meio de sua assessoria de imprensa: “Estamos acompanhando o processo de inspeção veicular pela mídia e não conhecemos os métodos empregados, o que inviabiliza qualquer análise mais aprofundada. Sugerimos consultar diretamente a Controlar, que possui os dados oficiais e a metodologia das inspeções, ou até mesmo a Abraciclo, que pode responder em nome do segmento de duas rodas”.

A Honda não quis nem mesmo orientar seus clientes sobre que cuidados ter com a moto e também se negou a dizer se suas concessionárias estariam aptas a realizar revisões antes das inspeções.

Serviço


Você sabe como agendar a Inspeção Veicular? Primeiro é preciso entrar no site da Controlar (http://www.controlar.com.br), imprimir o boleto de R$ 52,73 e efetuar o pagamento nos bancos conveniados.

Depois de 72h (prazo de compensação bancária), o motociclista deve entrar novamente no site e agendar a inspeção. Para efetivar a inspeção, é fundamental estar com o documento da moto em mãos (número do Renavan). Em caso de dúvida, ligue para o Serviço de Atendimento Controlar (SAC): (11) 3545-6868.

Os proprietários dos veículos podem começar a agendar sua inspeção em até 120 dias antes da data limite de seu licenciamento. O prazo para realizar a inspeção é 90 dias antes da data limite do licenciamento. A Inspeção deve ser realizada de acordo com o final da placa dos veículos.

Confira a relação:

Placa de final 1
Início do Agendamento: 5 de janeiro
Início da Inspeção: 1 de fevereiro
Término da Inspeção: 30 de abril

Placa de final 2
Início do Agendamento: 1 de fevereiro
Início da Inspeção: 3 de março
Término da Inspeção: 31 de maio

Placa de final 3
Início do Agendamento: 1 de março
Início da Inspeção: 2 de abril
Término da Inspeção: 30 de junho

Placa de final 4
Início do Agendamento: 1 de abril
Início da Inspeção: 3 de maio
Término da Inspeção: 31 de julho

Placa de final 5
Início do Agendamento: 1 de maio
Início da Inspeção: 3 de junho
Término da Inspeção: 31 de agosto

Placa de final 6
Início do Agendamento: 1 de maio
Início da Inspeção: 3 de junho
Término da Inspeção: 31 de agosto

Placa de final 7
Início do Agendamento: 1 de junho
Início da Inspeção: 3 de julho
Término da Inspeção: 30 de setembro

Placa de final 8
Início do Agendamento: 1 de julho
Início da Inspeção: 3 de agosto
Término da Inspeção: 31 de outubro

Placa de final 9
Início do Agendamento: 1 de agosto
Início da Inspeção: 2 de setembro
Término da Inspeção: 30 de novembro

Placa de final 0
Início do Agendamento: 1 de setembro
Início da Inspeção: 3 de outubro
Término da Inspeção: 31 de dezembro

Agência Infomoto.

Site moto.com de 13/02/2009
Editado pela última vez por Rodolfo em 17 Fev 2009 10:59, em um total de 1 vez.


“Não tento explicar às pessoas porque ando de moto.
Para os que compreendem, nenhuma palavra é necessária...
Para os que não compreendem, nenhuma explicação é possível !!”


Voltar para “Segurança e Legislação”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante